clonagem de celular Adote algumas medidas para evitar a clonagem de seu celular

A tecnologia e o uso constante de aparelhos tecnológicos é uma realidade que se aplica ao dia a dia de milhões de pessoas ao redor do mundo. Assim, os indivíduos estão conectados basicamente 24 horas ao dia.

Contudo, em contrapartida à tecnologia também surgem diversos golpes ou infrações contra seus usuários. A clonagem de celular, por exemplo, é uma dessas formas de golpes aplicados.

clonagem de celular

Adote algumas medidas para evitar a clonagem de seu celular

A tecnologia e o uso constante de aparelhos tecnológicos é uma realidade que se aplica ao dia a dia de milhões de pessoas ao redor do mundo. Assim, os indivíduos estão conectados basicamente 24 horas ao dia.

Contudo, em contrapartida à tecnologia também surgem diversos golpes ou infrações contra seus usuários. A clonagem de celular, por exemplo, é uma dessas formas de golpes aplicados.

A clonagem de aparelho telefônico celular corresponde à programação do aparelho para transmitir seu código e o código do assinante habilitado. Ou seja, o código do aparelho é replicado de forma a ser usado por outro aparelho. Assim, as ligações realizadas pelo aparelho que está replicando o código do primeiro serão debitadas na conta daquele que foi clonado.

Entenda, abaixo, como ocorre a clonagem, como evitá-la e, ainda, o que fazer caso o celular esteja clonado ou haja desconfiança disso.

Tenha a melhor internet com a Claro! Saiba mais aqui: https://clarocombomais.com.br!

Clonagem de celular

A clonagem de celular é uma fraude que geralmente acontece quando o usuário se encontra fora da área de mobilidade de origem, ou seja, fora da localidade em que seu celular foi registrado. Isso é chamado de roaming. A operação em modo analógico também propicia a clonagem.

O ato ilícito, em si, ocorre por meio da obtenção do código do aparelho e do código do assinante através de monitoração ilegal do telefone celular habilitado cuja clonagem se pretende.

A princípio, cada telefone celular deveria ter apenas um código. Contudo, com a aplicação da clonagem, haverá mais de um aparelho se utilizando da mesma combinação de códigos. Isso é agravado, ainda, na medida em que a central da prestadora de serviço celular contratada não consegue fazer a distinção entre o aparelho clonado e o que se usa do código deste.

clonagem de celular

Porém, como é possível se identificar a clonagem quando nem mesmo as operadoras de celular têm esse poder?

Isso é relativamente simples, uma vez que existem vários aspectos que podem sinalizar ao usuário que o seu telefone celular foi clonado.

Assim, por exemplo, é possível se concluir pela clonagem de celular nas seguintes situações:

  • Dificuldades para completar chamadas originadas;
  • Quedas freqüentes das ligações realizadas;
  • Dificuldades de acesso à caixa de mensagem do celular;
  • Recebimento de chamadas telefônicas originadas de números desconhecidos;
  • Débitos de prestação de serviços muito acima da média ou do originalmente contratado;
  • Ligações telefônicas feitas para o seu número e atendidas por outras pessoas;

Como evitar a clonagem do celular?

Agora que você já sabe como identificar a clonagem do celular, é importante saber como evitar que isso ocorra. Confira algumas dicas, abaixo.

Escolha um celular com tecnologia mais moderna

Nossa primeira dica diz respeito à tecnologia utilizada por seu celular, pois os aparelhos mais antigos e, portanto, com tecnologia mais defasada, tendem a ser alvos mais fáceis da clonagem de celular.

Os aparelhos mais modernos, assim, possuem ferramentas, como a GSM, que consegue evitar ações fraudulentas e dar acesso às informações do celular.

Ainda, é importante ressaltar que existem no mercado diversos aparelhos com essa tecnologia que apresentam preços atrativos. Portanto, não apenas os celulares top de linha e possuem essas tecnologias, mas também outros intermediários e até mais simples.

Evite responder mensagens e ligações suspeitas

Outra dica importante para o usuário que quer evitar a clonagem de celular é evitar responder mensagens SMS e ligações que sejam originadas de números desconhecidos e suspeitos. Aliás, hoje alguns aparelhos até mesmo identificam algumas ligações como “Spam”  enquanto o telefone toca.

Tenha cuidado especialmente com mensagens que peçam para o usuário clicar em um link diverso. Esse link, por outro lado, pode levar à clonagem de celular por meio de criptografia através de SMS. Nas ligações, por outro lado, geralmente é solicitado que o usuário digite algum número da tela, o que pode ceder informações que permitem a clonagem.

Conserte seu aparelho em lojas autorizadas

Evite realizar reparos e consertos no seu celular em lojas que não são autorizadas pela marca do aparelho. Caso não seja possível ir até uma loja autorizada, procure levar seu celular apenas em lojas cuja idoneidade é conhecida ou onde já foram feitos outros trabalhos bem executados.

Infelizmente, muitas lojas dedicadas ao conserto de aparelhos na verdade realizar a clonagem de celular quando estão em posse dele. Isso pode ser feito por meio de um scanner específico ou, ainda, pela cópia do cartão SIM.

Cuidado em rodoviárias e aeroportos

Conforme já esclarecemos, uma das ocasiões mais comuns em que ocorre a clonagem de celular é quando o aparelho se encontra em “roaming”, ou seja, está fora do local de origem. Dessa forma, é interessante prezar pela manutenção do aparelho desligado ou em modo avião nas áreas de embarque e desembarque destes locais.

O que fazer em caso de clonagem de celular?

Caso seu celular tenha sido clonado ou haja indícios suficientes para se acreditar nisso, é importante entrar em contato com a operadora responsável pela linha e requerer o bloqueio desta. Além disso, é importante fazer um boletim de ocorrência junto a uma delegacia de polícia.

Para isso, tenha em mãos o número do protocolo do cancelamento da linha, assim como outras informações pertinentes.